CEE VINHA DE LUZ - LONDRINA / PR

CEE VINHA DE LUZ - LONDRINA / PR

CEE VINHA DE LUZ - LONDRINA / PR



 

 

 

 

 

 


 

PROGRAMAÇÃO MÊS ESPÍRITA

 

EXPOSITOR

CE E CIDADE ORIGEM

DATA

HORÁRIO

TEMA DA PALESTRA

LOCAL DA PALESTRA

 JORGE ELARRAT

RORAIMA

31/08

SAB – 14H

‘”ENERGIAS AFETIVAS”

N.E IRMÃ SHEILA

RUA DAS AMEIXEIRAS, 655.

JARDIM MARABÁ

LONDRINA

JORGE ELARRAT

RORAIMA

31/08

SAB – 19,45 H

“DEPRESSÃO SOB A VISÃO ESPÍRITA”

C.E.E VINHA DE LUZ

RUA ELEONOR ROOSEVELT, 133.

LONDRINA

JORGE ELARRAT

RORAIMA

1º/09

DOM -10H

“EVOLUÇÃO E AUTO PERDÃO”

SOCIEDADE ESPIRITA MARIA DE NAZARÉ.

RUA MARIA DE NAZARÉ, 200.

ROLÂNDIA

ROGÉRIO CAETANO

 LONDRINA

 

03/09

TERÇA – 20H

REENCARNAÇÃO: “NA BÍBLIA E NA CIÊNCIA”.

MAE – MOVIMENTO ASS. ESPÍRITA.

RUA DEPUTADO WALDOMIRO PEDROSO, 93.

CENTRO

ROLÂNDIA

MARCELO SENEDA

MEIMEI / LONDRINA

10/09

TERÇA – 20H

“OS TRABALHADORES DA ULTIMA HORA”.

UNIÃO ESPÍRITA CAIBAR SCHUTEL

RUA RIO DE JANEIRO, 344.

CENTRO     PORECATU

TANIA ASSUNÇÃO CALDEIRA

 APUCARANA

11/09

QUARTA – 20H

“FELICIDADE: FILOSOFIA, RELIGIÃO E CIÊNCIA DO AMOR”.

C.E EMMANUEL

RUA MARANHÃO, 330

CENTRO - JAGUAPITÃ

OSVALDO MONTEIRO

 PARANAVAÍ

14/09

SAB – 19,45H

“SONO E SONHOS, O QUE DIZ O ESPIRITISMO”.

C.E AMOR E CARIDADE

RUA JAYME AMERICANO, 728.

JARDIM CALIFÓRNIA     LONDRINA

OSVALDO MONTEIRO

PARANAVAÍ

15/09

DOM – 9H45

“JESUS E A ORAÇÃO”

N.E HUGO GONÇALVES

AV. ROBERTO SIQUEIRA DE TOLEDO, 433.

JARDIM PACAEMBU II- LONDRINA

 

ROGÉRIO MARTINS

 PARANACITY

19/09

QUINTA – 19,45H

“POR QUE O MAL EXISTE”?

“QUEM O CRIOU”?

SEAME - SOC. ESP. AMOR E ESPERANÇA -  RUA SERRA FORMOSA, 206

JARDIN BANDEIRANTES- LONDRINA

JORGE WINTENBURG

S.MATHEUS DO SUL

20/09

SEXTA – 19,45H

“PORQUE O TRÍPLICE ASPECTO DA DOUTRINA ESPIRITA”

C.E CAMINHO DE DAMASCO

RUA- ADRIANO MARINO GOMES, 1080.

JARDIM MONTE BELO-LONDRINA

MEIRE SANCHES AROS

 LONDRINA

21/09

SAB - 15H

‘A ILUSÃO DO DISCÍPULO’

CASA FABIANO DE CRISTO

RUA ROBERTO BEVERGLIERI FILHO, 350.

JARDIM OLÍMPICO.

LONDRINA

MARCO NEGRÃO

CURITIBA

21/09

SAB -19,45

“CONTRIBUIÇÃO DO ESPIRITISMO AO PROGRESSO MORAL DA HUMANIDADE”

C.ENOSSO LAR

RUA SANTA CATARIANA, 429.

CENTRO.

ADAUTO MARQUES

 MARINGÁ

22/09

DOM – 9H30

“O ASPECTO CIENTÍFICO DO ESPIRITISMO”

C.E MEIMEI

RUA IAPÓ, 130 - LONDRINA.

WANDREY MUNDIN

 PARANAVAÍ

25/09

QUARTA – 20H

“VIGIAI”

FEMEL – FRAT.  ESP. MENSAGEIROS DA LUZ – RUA PADRE VITORIANO VALENTE, 2319.

JARDIM BOM VISTA II       IBIPORÃ.

 

GUILHERME CARVALHO

 LONDRINA

26/09

QUINTA -20H

“A FILOSIFA ESPIRITA”

C.E EMMANUEL

RUA RUBI, 58

VILA OLIVEIRA

ROLÂNDIA

LUIZ CARLOS PEDROSO

 ROLÂNDIA

28/09

SAB – 15H45

“AUTISMO: COMPREENDER PARA MELHOR AUXILIAR”

N.E YVONNE DO AMARAL PEREIRA

RUA GUARARAPES, 331

JARDIM HIGIENÓPOLIS-LONDRINA

VITOR HUGO ALMEIDA

 MARINGÁ

29/09

DOM – 9H30

“CONHECEREIS A VERDADE E A VERDADE VOS LIBERTARÁ.”

C.E ANITA BORELLA DE OLIVEIRA

RUA BENEDITO SALES, 42.

CONJUNTO PARIGOT DE SOUZA III

LONDRINA

 

 

 

Elucidações de Emmanuel
 
por Francisco Cândido Xavier

  

Fenômeno magnético

 


Quem admite hoje o fenômeno magnético, por novidade, se esquece naturalmente de que, no Egito dos Ramsés, velho papiro trazido aos nossos dias já preceituava quanto ao magnetismo curativo: - “Pousa a tua mão sobre o doente e acalma a dor, afirmando que a dor desaparece”.

 

Séculos transcorreram, até que ele adquirisse extensa popularidade com as demonstrações de Mesmer e atravessasse, tímido, o pórtico da experimentação científica com personalidades marcantes, quais James Braid e Durand de Gros, Charcot e Liébeault.

 

E, nos tempos últimos, ei-lo em foco, desde os mais avançados gabinetes das ciências psicológicas até os espetáculos públicos nos quais a hipnose é conduzida, indiscriminadamente, para fins diversos.

 

Entretanto, importa considerar que é justamente em Nosso Senhor Jesus Cristo que ele atinge o seu ponto mais alto na Humanidade. Todavia, não se vale dele o Senhor para alardear os poderes que lhe exornam o Espírito.

 

Não lhe mobiliza os recursos para impressionar sem proveito.

 

Não lhe requisita os valores para discussões estéreis.

 

Não lhe concentra as possibilidades para a defesa de si próprio.

 

Jesus é o amor divino alongando os braços à angústia humana. Estende a mão e cegos veem, e paralíticos se levantam, e feridentos se alimpam e obsidiados se recuperam.

 

Fita Madalena em casa de Simão e dá-lhe forças para que se liberte das entidades sombrias que a subjugam; contempla Zaqueu no sicômoro e modifica-lhe as noções da riqueza material; fixa Judas no cenáculo e o companheiro infeliz foge apressado, incapaz de suportar-lhe a presença, e endereça a Pedro um simples olhar das grades da prisão e o amigo que o negara pranteia amargamente.

 

Ainda assim, não se detém nos casos particulares. Junto ao povo, tempera cada manifestação com autoridade e doçura, humildade e comando, respeito e compreensão.

 

De ninguém indaga a prática religiosa, para fazer o bem.

 

No ensinamento, utiliza parábolas para não ferir fosse a quem fosse.

 

A todos oferece o apaziguamento da alma, antes da cura física.

 

Não procura os poderosos da Terra para qualquer entendimento, e, sim, busca de preferência os que passam curvados sob o jugo das aflições.

 

Não se faz precedido de arautos e batedores.

 

Não demanda lugares especiais para a exibição dos fenômenos que lhe vertem das faculdades sublimes.

 

E, para imprimir o magnetismo divino da Boa Nova na mente popular, traça no monte as bem-aventuranças da vida eterna, proclamando veemente:

 

“Felizes os humildes de espírito, porque a eles toca o reino dos Céus.

 

Felizes os que choram, porque serão consolados.

 

Felizes os afáveis, porque possuirão a Terra.

 

Felizes os que têm fome e sede de justiça, porque serão fartos.

 

Felizes os misericordiosos, porque obterão misericórdia.

 

Felizes os que trazem consigo o coração puro, porque sentirão a presença de Deus.

 

Felizes os pacíficos e os pacificadores, porque serão chamados filhos do Altíssimo.

 

Felizes os que forem perseguidos sem causa, porque o reino dos Céus lhes pertence”.

 

Se te afeiçoas, assim, ao fenômeno magnético, seja qual for o filão de tuas atividades, poderás estudá-lo e incrementá-lo, estendê-lo e defini-lo, mas, para que dele faças motivo de santidade e honra, somente em Jesus Cristo encontrarás o luminoso e indiscutível padrão.

 

Do livro Religião dos Espíritos, obra psicografada pelo médium Francisco Cândido Xavier.

Revista O Consolador. Ano 13 - nº 629. 28/07/2019.