Evangelização Infantil

Evangelização Infantil


 

 DEVIDO AO ESTADO DE PANDEMIA PELO

COVID-19, NÃO ESTAMOS ATENDENDO.

EM BREVE AVISAREMOS, QUANDO ESTIVERMOS SEGUROS DE PODER ATENDER A TODOS.

 

 

 

 Evangelização Infanto Juvenil no Vinha de Luz Londrina

 

 

Estão sendo ministradas aulas de Evangelização Infanto Juvenil para crianças com idade de 3 anos até os jovens com 21 anos.

 

As turmas são separadas por idade e  formadas com 2 evangelizadoras e mais equipe de apoio.

 

Salas com produção audiovisual, além de biblioteca e sala especial para os pequeninos.

 

As aulas estão sendo ministradas aos sábados, das 14  às 15 hs. Neste horários, os pais poderão assistir a palestra das 14 hs no Salão principal

 

As inscrições continuam abertas para os interessados.


 

 

Todos por um Mundo Melhor

por Marcela Prada
 

Tema: Boa conduta; esforço

 


Era uma vez, num povoado distante, uma menina que morava numa casinha pobre com seus pais. A família não tinha muitos recursos e a menina sabia que, para melhorar de vida, ela precisava estudar. Tinha vontade de conhecer tudo, de aprender a fazer as coisas. Queria preparar-se para ter uma profissão e fazer boas coisas com seu trabalho. Por isso, tantas vezes pediu que seus pais a matricularam na escola.

 

Logo nos primeiros dias, a professora percebeu quanto a menina era esforçada. Prestava atenção nas aulas. Cuidava do seu material. Era educada com as pessoas. Estava sempre arrumada, limpa e de cabelos penteados, embora não tivesse nenhuma roupa bonita.

 

A professora, notando o bom comportamento da menina, sempre a elogiava.

 

Um dia, a professora pensou:

 

– Que pena! Ela é tão boa, mas sua aparência está sempre feia, por causa das roupas que usa. Vou dar-lhe de presente um vestido bem bonito!

 

A menina ficou linda no vestido azul que ganhou da professora. E sentiu-se tão bem com ele que passou a se arrumar ainda mais. Tomava banho antes de ir para a escola, penteava bem o cabelo e amarrava uma fita.

 

Ao ver como a filha ficava bonita com o vestido novo, sua mãe decidiu guardar dinheiro para comprar tecidos e fazer outras roupas bonitas para ela.

 

A menina passou a andar sempre com aparência agradável, além de continuar estudiosa e educada, encantando a todos que conviviam com ela.

 

Após algumas semanas, o pai, orgulhoso da filha, de quem só recebia elogios, disse à esposa:

 

– Querida, nossa filha merece morar numa casa mais bonita. Nas horas vagas, vou pintar as paredes, arrumar a cerca e plantar flores no jardim.

 

Assim ele fez. Depois de certo tempo, a casa estava tão bonita que era a mais chamativa da rua.

 

Os vizinhos, então, seguiram o exemplo do pai da menina. Começaram a arrumar suas casas e, depois de alguns meses, a rua toda estava bonita, com canteiros floridos, árvores frondosas e lindas casas.

 

Então, aquela rua passou a ser a mais agradável do bairro. Os moradores das outras ruas, ao verem aquilo, também quiseram cuidar de suas casas. De pouco em pouco, todo o bairro estava melhorado.

 

Um dia, um representante da prefeitura passou por ali. Diante das bonitas casas, jardins e árvores, pensou que aquele bairro tão bom merecia melhorias.

 

Pouco depois, começaram as obras. As ruas foram pavimentadas, a iluminação melhorada, a coleta de lixo regularizada e a praça reformada.

 

A menina, que queria estudar e melhorar sua vida e de sua família, nem tinha ideia de que ela havia começado toda aquela transformação.

 

Nenhuma das pessoas desta história sabia que, quando fizeram o melhor ao seu alcance, estavam influenciando alguém. Mas é isso o que acontece quando cada um se esforça para fazer o bem: o mundo inteiro fica melhor.

 

 

Texto adaptado da história “O Vestido Azul”.